domingo, 14 de fevereiro de 2016

Anúncios aqui e no Facebook do Alô Bairro

Quer anunciar aqui ou no Facebook do Alô Bairro? Realize uma doação no valor mínimo de R$250,00 (ALUGUEL OU VENDA) para o Bem Te Vi e apresente o recibo para  josemario.bemtevi@hotmail.com. Seu anúncio permanecerá no ar por até 3 meses com resultados excelentes!

terça-feira, 17 de abril de 2012

Cartilha de bons cuidados do Bairro Demétria- um pequeno guia de convivência

Quadro de E.Blaich
A Estância Demétria nasceu a partir do impulso da Antroposofia como caminho de conhecimento, com ênfase na agricultura Biodinâmica e na busca por inovação social.
Mais tarde, da necessidade das famílias que aqui se instalaram, nasceu a escola Aitiara, cujo fundamento é a Pedagogia Waldorf .
Estes dois grandes alicerces da nossa comunidade: a agricultura e a educação mostram que nossa missão é cuidar da terra, das crianças e dos jovens.
Portanto, espera-se daquele que frequenta, mora, trabalha ou visita o Bairro Demétria :

-Respeito ao ambiente: a Demétria era uma área degradada que foi regenerada pelos seus moradores. Todo aquele que usufrui deste ambiente hoje, deve zelar por ele, evitando qualquer tipo de destruição ou agressão sob qualquer forma.

- Valorize, mantenha, proteja e incentive a flora e a fauna do cerrado, eco sistema original e natural do bairro. O cerrado tem um equilíbrio delicado podendo ser facilmente destruído e invadido por espécies “estrangeiras”.  Informe-se com os profissionais do bairro quais espécies são mais adequadas para plantio.

 -Respeito à educação e parceria com o trabalho realizado pela escola Aitiara , (pedagogia Waldorf)  - para que aquilo que os professores constroem junto às crianças e jovens encontre apoio e ressonância na comunidade.

- Respeito às leis do consumo alcoólico (álcool para menores), e indo além, sendo co-responsáveis pela situação dos jovens do bairro.

- Que o promovedor de qualquer tipo de atividade seja responsável pelo público atraído por essa atividade, mesmo depois do término da mesma.

-Veículos – Respeito à velocidade condizente com o bairro. Respeito e cuidado para com os pedestres e ciclistas.
Menores não devem dirigir carros nem veículos motorizados.

-Luzes- a iluminação muito forte e continua a noite toda,  gera uma poluição luminosa que dificulta a observação do céu noturno e sua beleza com o movimento dos planetas e estrelas. Além de ecologicamente levar a um gasto de energia.
Sugere-se luz de abertura e desligamento automático, que funcionam com o movimento. Esta tecnologia possibilita a iluminação forte,mas apenas por alguns minutos. Outra sugestão seria colocar refletores nas lâmpadas que ficam ligados a noite toda, de modo que estes refletores(como chapéus) reflitam a luz apenas para baixo, não permitindo a difusão da luz para o céu.

-Ter em mente que a poluição sonora afeta não somente os seres humanos, mas a fauna e a flora locais.

- Não utilize sob hipótese alguma, sons amplificados, em veículos automotores, que extravasem para o ambiente. O mesmo serve para os estabelecimentos comerciais que promovem música ao vivo, que devem ter para tanto, conforme a lei, tratamento acústico. Qualquer tipo de música promovida  por estabelecimentos, mesmo acústica deve respeitar os limites estabelecidos por lei o cuidado para com o ambiente.

- Por respeito à vizinhança, festas que envolvam grande movimentação de gente e barulho, seja avisada com antecedência aos moradores próximos.

- O não uso de rojões em comemorações festivas, pois nestas ocasiões as crianças pequenas e os animais do bairro são submetidos a um stress desnecessário.

- Seja responsável pelos seus animais.
 Por questões relativas à segurança a população canina aumentou consideravelmente,  os donos devem garantir que seus animais não fiquem soltos pelo bairro e devem zelar para que não incomodem a vizinhança. Não devem passear com seus cachorros sem coleira. Lembrar que cães e gatos são predadores da vida silvestre. Lembrar que latidos de cães podem ser estressantes e prejudicar o descanso e o sono de vizinhos.

-Todo empreendimento deve se responsabilizar pelos subprodutos de sua atividade, seja ela qual for.  Para isso deve investir  em tratamento compatível com sua atividade, garantido que não haja dano ao ambiente em qualquer nível:  solo,  água,  ar, ambiente sonoro,  fauna e  flora.

- O uso de máquinas de serviço,  por exemplo roçadeiras, que produzem alto ruído devem respeitar os horários estabelecidos pelos condomínios para seu uso ou, na ausência deste acordo, os garantidos por lei.

- Não fazer uso indiscriminado de venenos de qualquer espécie. Lembrar que estamos numa área que cresceu em torno dos princípios da agricultura Biodinâmica.

- Não criar em casa animais que possam por em risco a segurança da vizinhança.

- Cuidar do lixo de acordo com a orientação do Projeto Fênix

- Fazer com que a cartilha de bons cuidados chegue às mãos dos novos moradores. Ajudar na recepção dos mesmos, lembrando que os que chegam por vezes se sentem perdidos e tem de se adaptar à vida do bairro sem entender direito como ela funciona.
Uma reunião de boas vindas promovida por alguns vizinhos ou numa reunião do condomínio pode ser uma boa maneira de informar e acolher o novo morador.

Por fim, lembrar que a Pedagogia Waldorf aponta a imitação como a principal maneira de aprendizado das crianças e jovens, cabendo aos adultos, portanto, serem exemplos dignos.

Ps: Essa cartilha foi elaborada por alguns moradores de vários condomínios